"Meu Filho Não Come" - Carlos González, referência da amamentação e criação com apego, lança livro no Brasil

"Meu Filho Não Come" - Carlos González, referência da amamentação e criação com apego, lança livro no Brasil

23 Outubro 2016 - 20:31
Publicado em:

Autor, que já vendeu mais de 350 mil cópias na Espanha e foi traduzido para vários idiomas, lança seu terceiro título no Brasil: "Meu Filho Não Come" em encontro com pais e profissionais de saúde

"Meu filho não come"

Com dois livros publicados no Brasil – Manual Prático de Aleitamento Materno e BésameMucho- Como criar seus filhos com amor –, o médico catalão Carlos González prepara-se para lançar seu terceiro título traduzido para o português pela editora Timo: trata-se da obra Meu Filho Não Come. O lançamento acontecerá no dia 19 de novembro, a partir das 8h30, no Hotel Golden Tulip Plaza (Alameda Santos, 85), em São Paulo, e contará com a presença do autor pela primeira vez no Brasil. Além de divulgar o novo título, ele aproveitará para bater um papo com mamães e papais interessados em ouvir seus ensinamentos e com o público profissional. Para participar do encontro basta acessar o site www.editoratimo.com.br e fazer sua inscrição. 
 
Livro Meu filho não come de Carlos GonzalesCarlos González é um dos maiores ícones da atualidade na defesa da amamentação e da criação com apego. Seus livros já venderam 350 mil cópias na Espanha e foram publicados em países como Alemanha, Itália, Reino Unido, Estados Unidos, Canadá, Turquia, França, Japão, Polônia, entre outros. Em Meu Filho Não Come ele trata desse assunto tão comum nos consultórios pediátricos. No livro ele conta que muitas mães chegam com o discurso “eu sei que tem muitas mães chatas que ficam falando que seus filhos não comem. Mas é que o meu, doutor, realmente não come nada, você tinha que ver...”.E elas erram duplamente. Erram, em primeiro lugar, ao pensar que seus filhos são os únicos que não comem. Mas elas erram principalmente ao pensar que outras mães são “chatas”. Nenhuma é. As famílias, especialmente as mães, sofrem com os conflitos relativos à alimentação. Sofrem muito.A ideia de não obrigar uma criança a comer, que constitui o eixo central desta obra, não deve ser consideradacomo um “método para abrir o apetite”, mas, sim, como uma manifestação do amor e respeito pelos filhos.

Carlos Gonzalez autor do livro Meu filho não comeSOBRE O AUTOR: Carlos González é doutor em pediatria e autor de vários livros sobre educação, alimentação e saúde infantil.Licenciado pela Universidade Autônoma de Barcelona e especialista em amamentação pela Universidade de Londres, ele é fundador da Associação Catalã Pró Aleitamento Materno, membro do Conselho de Assessores de Saúde da La LecheLeagueInternational e assessor da Iniciativa Hospital Amigo da Criança (UNICEF).É casado e tem três filhos (que já dormem e comem muito bem).
 
Para mais informações sobre o encontro com Carlos González e inscrições, acesse: http://bit.ly/GonzalezEmSP