O que fazer quando os ductos lactíferos estão bloqueados ou entupidos?

O que fazer quando os ductos lactíferos estão bloqueados ou entupidos?

04 Abril 2016 - 15:02
Publicado em:

A maioria das mães sabe a importância da amamentação, tanto como forma de fortalecimento dos vínculos com o seu bebê, como também para a garantia do oferecimento de todos os nutrientes necessários para que a criança cresça saudável e feliz.
 

O conselho é prosseguir com a amamentação e até mesmo dar de mamar mais vezes que conseguir [Crédito: Daisee Pics Photography / photo on flickr]

Porém, as questões que envolvem esta relação nem sempre são as mais simples e alguns problemas podem aparecer. 
Mas, de acordo com especialistas, a dica é não se desesperar e tentar solucionar estes problemas com ajuda profissional e algumas dicas simples.  

Um destes problemas que podem aparecer durante o período de amamentação são os chamados ducto lactíferos entupidos ou bloqueados. Mas, antes de entender melhor o que é esse problema, assim como suas causas e soluções, é importante compreender o que são os ductos lactíferos

Entendendo os ductos lactíferos

Os ductos lactíferos são nada mais nada menos do que a rede de canais responsáveis por levar o leite materno desde os tecidos onde ocorre a fabricação até a ponta dos seios, que é encaixada na boca do bebê na hora de promover a amamentação. De forma bastante simples, podemos considerar como se todos estes caminhos fossem espécies de canudos, perfeitos para chegar até à criança

Um pouco sobre o bloqueio dos ductos

Nódulos, vermelhidão, dor, inchaço e alta sensibilidade na pele, esses são alguns dos sintomas que podem ocorrer quando a mãe está com os ductos bloqueados ou entupidos. 

De acordo com especialistas, existem duas motivações básicas para o aparecimento do problema. Um deles como um sintoma inicial de uma mastite, mal que acomete muitas mães durante o período de amamentação

A outra possibilidade é que o entupimento aconteça devido ao não esvaziamento total dos seios pelo bebê.  Os médicos já constataram que a ocorrência de casos assim é muito maior durante os primeiros dias de amamentação já que, muitas vezes, as mães ainda estão aprendendo a oferecer o peito ao filho. 

Com o acumulo de leite, uma vez que em situações como estas ele é liberado em uma velocidade menor do que a de produção, o líquido é levado até um tecido mamário onde ocorre uma inflamação que resulta nos sintomas que já citamos anteriormente. Em casos mais sérios, o leite pode inclusive entrar na corrente sanguínea causando dor no corpo, febre, além de uma sensação de mal-estar, já que o organismo da mãe passa a tratar o leite como um inimigo que deve ser combatido pelo sistema imunológico

A solução para os ductos bloqueados

Para os especialistas, o fundamental é perceber se o bebê está mamando direito e agir rápido para evitar que o bloqueio se torne uma mastite e para isso é importante procurar um médico

O conselho é prosseguir com a amamentação e até mesmo dar de mamar mais vezes que conseguir e sem intervalos longos entre uma e outra, mesmo que a mãe sinta dor. Tudo isso porque é esse esvaziamento que ajudará a aliviar os sintomas. 
 
Todas as ações devem ser guiadas por um médico que, em alguns casos, pode até receitar o uso de um analgésico. De qualquer forma, compressas, banhos quentes e massagens suaves também podem contribuir na melhora do quadro.