40ª semana - Uma nova vida

40ª semana - Uma nova vida

20 Junho 2015 - 15:05

A bolsa arrebentou, as contrações estão mais frequentes... Seu bebê está prontinho para chegar ao mundo e aos seus braços

Do lado de fora, você está ansiosa para conhecer seu bebê.  Do lado de dentro, a natureza se encarregou de prepará-lo para sair da barriga saudável e forte. O primeiro sinal disso é o rompimento da bolsa; o líquido amniótico é liberado pela vagina e esse episódio é semelhante a um escape de urina, capaz de formar uma pequena poça onde você estiver. Depois de a bolsa estourar, começam as contrações, responsáveis pelas temidas dores do trabalho de parto.  Quanto mais curto for o intervalo entre elas, mais próximo do nascimento está o bebê. No entanto não há como estipular quanto tempo o trabalho de parto durará, podendo variar de 3 a 48 horas. Os especialistas dizem que esse processo é mais longo na primeira gestação. O nascimento é uma grande novidade para seu filho, que até então estava confortável, quentinho e totalmente seguro no útero, ouvindo os batimentos cardíacos da mãe. E se, até então, a maior responsável pela formação do bebê era a natureza, esse papel agora é seu. Além de um filho, você ganhou a incrível missão de transmitir segurança ao pequeno, após o parto e em vários outros momentos durante a vida de vocês. Muitas dúvidas vão surgir e nem sempre você encontrará as respostas de primeira. Está tudo bem; errar faz parte do trabalho. Cada caso é um caso e não existe uma receita exata de “como criar crianças” ou “como ser mãe”. No entanto, os ingredientes são os mesmos: dedicação, paciência e muito, mas muito amor. Quer uma dica para tornar o trabalho mais prazeroso: siga sua intuição, pois coração de mãe nunca falha. 

Agora começou a brincadeira!

O momento mais esperado dos últimos meses, e quem sabe de uma vida inteira, chegou. Em pouco tempo vocês 2 serão 3 e não dá nem pra dizer que a vida ficará diferente. Simplesmente será uma nova vida, cheia de anseios, mas repleta de felicidades. Mas... Antes desse "felizes para sempre" começar, tem uma coisa no meio do caminho: o trabalho de parto. Tanto na cesárea como no parto normal, a maioria das maternidades permite a presença do pai na sala de parto. E você pode sim ser muito útil para a parceira e para seu bebê nessa hora. No caso do normal, a ideia é distraí-la para tentar diminuir as dores. Ajude-a com os exercícios na bola e se preciso, dê um banho na parceira para ela relaxar. Se a dor estiver grande, massageie as costas dela. Ah, e não esqueça de manter os parentes informados sobre o que está acontecendo. Na verdade, o trabalho maior agora é da mãe e do bebê. O seu papel é, daqui pra frente, estar sempre presente. E depois que ver a carinha do seu pequeno, seu desejo não será diferente disso. Agora você está prestes a embarcar na maior aventura da vida. Boa sorte!