Azia na gravidez

Azia na gravidez

13 Maio 2016 - 20:36
Publicado em:

A azia consiste em uma sensação de queimação no estômago, que muitas vezes, pode começar já na garganta.

Gosto mais ácido ou amargor na boca. Será que é mais uma crise de azia?

Na gravidez, a azia é comum principalmente por conta das transformações – tanto hormonais como físicas – que a mulher enfrenta neste período. Além disso, é também normal que ela sinta um gosto mais ácido ou amargo na boca ao atravessar uma “crise” de azia.  

O que geralmente leva à azia na gravidez é o fato de que a placenta passa a produzir um hormônio para relaxar toda a musculatura do útero – a famosa progesterona

Esse mesmo hormônio também acaba relaxando uma espécie de “válvula” que fica entre dois órgãos: o esôfago e o estômago. Deste modo, durante a digestão, os ácidos gástricos sobem pelo esôfago e trazem também a tão desconfortável sensação que conhecemos como azia. 

Além disso, as contrações normais do estômago também se tornam mais lentas durante a gravidez, o que faz com que a própria digestão de alimentos também adote essa característica e os períodos de azia sejam intensificados.

Já no finalzinho da gestação, a cavidade do abdômen também fica mais apertada, uma vez que o seu bebê está bem grandão. Neste período, falta espaço para os órgãos, que são empurrados e ficam bem próximos uns aos outros. Esse aspecto também contribui para a lentidão do processo de digestão, fazendo com que períodos de azia voltem a ser frequentes.

• E quando a azia vai melhorar?

Geralmente os períodos de azia vêm e vão durante a gravidez, mesmo que sejam mais intensos a partir da segunda metade da gestação. No geral, tudo vai depender do organismo de cada mulher. O que podemos lhe garantir é que a azia só irá embora de vez depois que o bebê nascer. 

• Posso fazer alguma coisa para ajudar?

Com certeza. Mas não podemos lhe garantir que você irá eliminar de vez a azia, mesmo que a maioria das dicas faça com que esses períodos sejam aliviados. 

Algumas dicas são: 

- Faça refeições pequenas preferencialmente, de 3 em 3 horas. Isso fará com que o acúmulo de acidez seja menor no estômago; 

- Mastigue bem os alimentos – pelo menos 20x cada porção;

- Evite ao máximo comer alimentos gordurosos e pesados, como doces, frutas cítricas, café, bebidas alcoólicas, frituras e outros; 

- Faça refeições leves, principalmente, no período noturno – em que a digestão já é mais lenta naturalmente; 

- Quando estiver sentindo os sintomas da azia, tente beber um copo de leite – integral ou o desnatado; 

- Não fume; 

- Não beba líquidos durante as refeições, como sucos, chás e principalmente refrigerantes. Isso porque eles ajudam a fazer com que o seu estômago fique cheio, o que torna o processo de digestão mais devagar.

• A azia pode indicar algum problema sério?
Dificilmente, até porque ela é extremamente comum na gravidez

Você só precisa se preocupar com ela caso já tenha tido algum problema sério de digestão, como úlcera ou gastrite; se a azia estiver frequentemente relacionada a enjoos, o que pode ser um problema relativamente comum no fígado durante a gravidez; ou caso a dor da azia esteja concentrada na parte de baixo das costelas, o que pode indicar uma doença chamada ‘pré-eclâmpsia’, que pode causar graves complicações.