Como amenizar os enjoos da gravidez?

Como amenizar os enjoos da gravidez?

09 Setembro 2015 - 16:09
Publicado em:

Entenda porque as grávidas enjoam e veja como aliviar esse problema, que pode durar a gestação inteira

Enjoo na gravidez [ crédito: bettina n / photo on flickr]

No começo da gestação, geralmente nos primeiros 3 meses, o enjoo é tanto que você nem se dá conta das coisas que estão acontecendo à sua volta! Ele vira, praticamente, um encosto para algumas grávidas. “As causas são variadas e vão desde fatores psicológicos, passando até a motilidade gástrica anormal, quando o estômago não trabalha de maneira adequada retardando seu esvaziamento”, explica Thaís Souza, nutricionista da rede Mundo Verde.

De acordo com Igor Padovesi, ginecologista e obstetra do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim, os hormônios são os grandes responsáveis pelos enjoos. “Apesar de incômodos, esses sintomas fazem parte da gestação, já que estão associados à produção do bHCG, hormônio exclusivo da gravidez e necessário para preparar o útero para o crescimento do feto no início da gestação. Assim, quanto maior for a produção do hormônio, mais intenso será o mal estar”, explica o médico. Se isso acontece com você, fique sabendo que dá para amenizá-lo, sim.

“Ter o hábito de comer de três em três horas é fundamental, além de criar uma rotina na alimentação, evita o consumo exagerado de alimentos nas principais refeições. Assim, quanto menos alimentos precisamos digerir, mais rápido é o processo de esvaziamento do estômago. Quando se ingere grande quantidade de comida, ela fica por muito tempo no estômago, sendo maior a chance da gestante ter refluxo, gastrite e náuseas”, explica Thaís.

Segundo a nutricionista, a ingestão adequada de líquidos é importante para evitar desidratação. Essa medida minimiza a pressão no estômago, reduzindo a ocorrência de refluxo. “Tente evitar líquidos que possuem cafeína, como café, chá preto e chá mate, pois eles podem causar desconforto gástrico. Alimentos gordurosos também devem ser evitados, pois demoram mais para serem digeridos”, explica. As frutas cítricas são fontes de ácido fólico, uma vitamina do complexo B que estimula a formação de ácidos digestivos, favorecendo o esvaziamento gástrico e diminuindo o surgimento das náuseas. Aposte no gengibre e dê um salve para o biscoito de água e sal! Mastigue um pedacinho da raiz sempre que as náuseas começarem. Já o biscoito, deixe do lado da cama e coma um ou dois antes de se levantar! Ele ajuda a evitar os enjoos matutinos, os mais fortes da gestação.

Confira algumas dicas para diminuir a sensação de náusea e vômitos e garantir o bom desenvolvimento do bebê:

- Fracionar as refeições: comer de três em três horas e pequenas porções;

- Evitar alimentos: condimentados, apimentados e ácidos;

- Dar preferência a alimentos ricos em proteína, carboidratos e com baixo teor de gordura;

- Para beber de preferência a ingestão de líquidos gelados (enjoam menos). Água de coco e bebidas isotônicas são recomendadas;

- Evitar o consumo de café;

- Vitaminas: recomendável consumir nos horários em que os enjoos são menores.