9º mês do bebê – Objeto de transição

9º mês do bebê – Objeto de transição

17 Junho 2015 - 09:34

O brinquedo favorito do seu filho pode ajudá-lo a suprir a ausência da mãe; ele é chamado de objeto de transição... Ou naninha!

Naninha [crédito: super-structure / photo on flickr]

Seu filho tem um brinquedo favorito, que carrega para todos os lugares? Esse objeto querido é chamado de objeto de transição.Geralmente os bebês passam a adotá-los quando começam a perceber que sua mãe não estará presente em todos os momentos. O bebê então deposita nesse objeto sua insegurança, por isso pode querer levá-lo para todos os lados, principalmente quando está longe da mãe. O objeto de transição pode ser um brinquedo, um travesseiro e até uma naninha.

A linguagem do bebê ainda é bem limitada, mas ele já exerce alguns ruídos e até conseguem soltar sílabas com significado, como “mama” ou “papa”, para felicidade dos pais. E, se a primeira palavra for “papai” não significa que o pai seja o favorito. Sílabas com ‘p’ e ‘b’ são mais fáceis de serem pronunciadas.  Mesmo que ainda não fale, ele já sabe demonstrar sua vontade,por exemplo, apontado para os objetos. Quando ele fizer isso, fale o nome do objeto em questão, para gravá-lo na cabeça do bebê. Se ensiná-lo, também é capaz de dar tchau e mandar beijos.

Além da linguagem, a visão também já está bem aprimorada, semelhante a de um adulto. O melhor estímulo que você pode fazer agora é por meio de brincadeiras. Brinquedos que se encaixam um dentro dos outros é bastante interessante para eles, assim como o simples ato de esconder o rosto pode render gargalhadas.  Ao nono mês, é hora de dar a vacina contra a febre amarela.

Brincadeiras a toda velocidade

Antes de ser uma diversão, brincar é a forma que os bebês têm de interagir e conhecer o mundo. E a partir do nono mês, a diversão será mais visível. Pode ter certeza que ele esperará ansioso você voltar do trabalho para ter momentos de brincadeiras. Uma boa ideia é começar as aventuras com os blocos de montar e empilhar. Esse tipo de atividade melhora a coordenação motora e promove a formação da cognição. A bola também é uma grande aliada. Role para o bebê e espere ele devolvê-la da mesma maneira. Essa brincadeira desenvolve o equilíbrio e a coordenação.