1 ano e 7 meses – Grito de independência

1 ano e 7 meses – Grito de independência

17 Junho 2015 - 09:40

Com a coordenação motora mais aguçada, a criança conseguirá se entreter em alguma atividade por mais tempo. Aproveite para ajudar em sua independência!

O aprendizado motor nessa fase estará mais aguçado. Verá que seu filho estará mais interessado em arrastar, puxar, empurrar e pular sobre os objetos. Com 1 ano e 7 meses, eles adoram mudar as coisas de lugar! Além disso, já conseguem se entreter com um brinquedo por mais tempo. Os de montar estarão entre os seus preferidos. Brincadeiras com água e areia também ajudarão a aguçar a criatividade dele. Lembra das habilidades com desenho nas outras fases? Elas estarão mais intensas agora. Faça tinta caseira (a base de corante para alimentos e farinha) e coloque-o para exercer toda a sua criatividade em um pedaço de papel. Lembre de deixar uma boa área para ele brincar, e forre com jornal ou plástico se não quiser mais coisas sujas. Com um pouco de água, essa mistura também pode render uma boa massinha caseira para a criança usar a imaginação!

Livros com páginas duras, instrumentos musicais, potes de encaixar e brinquedos de empurrar serão queridinhos. Você pode colocar a criatividade para funcionar e fazer os brinquedos de seu filho com sucata, como garrafas velhas, rolos de papel higiênicoe latas de leite. Lembre-se sempre de estar ao lado do seu filho observando e brincando junto, primeiro para garantir a segurança – ele ainda pode colocar na boca o que vê pela frente e engasgar – e também para fortalecer o vínculo entre vocês dois. As crianças aprendem brincando, mas não devem brincar com o objetivo de aprendizado.

Explicar todas as ações e atividades para o seu filho ajudarão a fortalecer o seu vocabulário. Isso também ajuda a evitar momentos de “rebeldia”, já que a criança irá buscar cada vez mais a sua independência. Procure usar frases sempre na afirmativa e dar opções, para que seu filho se sinta no comando. Mostrar como a ajuda dele é importante pode ser importante para a autoestima. Dê um paninho úmido para que ele “ajude” com a limpeza ou algum objeto de plástico para ele levar à mesa na hora de jantar. Ele se sentirá especial, parte importante da família e mais independente.

Você já pressão sobre seu filho?

Às vezes nem percebemos, mas em algumas atitudes simples do dia a dia, acabamos exercendo uma enorme pressão sobre os nossos filhos. E isso acontece principalmente com o primogênito. Você é pai de primeira viagem? Então fique sabendo que uma pesquisa com mais de 10 mil pais revelou que 35% acreditava e esperava que o filho mais velho tivesse um desempenho escolar melhor, contra 6% que dizia o mesmo do filho mais novo. Ok, é muito cedo para se falar em estudos e desempenho escolar, mas isso pode refletir no aprendizado em geral. Se identificou com essa história? Então pega leve!