Bebê é espancado pela babá e pais lutam por justiça

Bebê é espancado pela babá e pais lutam por justiça

27 Maio 2016 - 18:46
Publicado em:

Jacob Marbury com apenas 1 ano de idade ficou sob os cuidados de uma babá no Oregon (Estados Unidos) e esse foi o resultado que apareceu no dia seguinte.

Divulgação

Essa única noite foi suficiente para que a babá o espancasse e o deixasse com terríveis marcas. A brutalidade foi tamanha que os ferimentos poderiam ter levado Jacob a morte, dizem os pais de Jacob.

Aparentemente seria um caso simples de resolver, principalmente pelas evidências que ficaram nítidas quando os hematomas começaram a aparecer pelo corpo do bebê no dia seguinte. Os pais de Jacob estavam seguros que fariam justiça pois algumas semanas após a agressão a babá confessou o crime. 
Mas por que, mesmo com todas essas evidências, nada foi feito? Segundo uma lei do Oregon, que data de 2012, é mais difícil acusar alguém de agressão se a vítima não puder falar.

Essa lei do Oregon com certeza abre um imenso espaço para a impunidade e aumenta a oportunidade para que uma série de crimes contra crianças sejam cometidos.

O casal Joshua Marbury e Alicia Quinney agora buscam apoio nas redes sociais para que seja feita justiça. 
"Algo precisa ser feito", escreveu Marbury. "Ninguém pode apenas bater em uma criança e ficar impune porque a criança (não pode) verbalmente fazer a denúncia."

O que você faria se fosse seu filho?

Acompanhe o caso nas redes: #JusticeforJacob