Como saber se o bebê está com frio ou calor?

Como saber se o bebê está com frio ou calor?

13 Maio 2016 - 22:35
Publicado em:

Uma das grandes preocupações dos pais e mães é não deixar o bebê ficar com frio. Por esse motivo, é comum que muitos optem por colocar sempre várias camadas de roupa na criança, porque têm a sensação de que ela é mais sensível do que um adulto e, por isso, precisa ficar mais protegida. O hábito era ainda mais comum antigamente, quando os bebês ficavam sempre com muitas roupas e enrolados em cobertores.

Como saber se o bebê esta com frio?

No entanto, a sensação térmica que o bebê tem, na verdade, é bastante parecida com a dos adultos. Portanto, para vesti-lo sem ter erro, procure sempre colocar uma camada de roupa a mais em relação ao que você está vestindo. Por exemplo, quando você estiver com uma camiseta de manga curta, pode colocar uma de manga comprida na criança. Se você estiver usando uma camisa de manga comprida, acrescente um casaco no bebê e assim por diante.

Muitos pais e mães erram ao agasalhar demais os bebês e o excesso de calor deixa a criança desconfortável. Engana-se quem pensa que sentir a temperatura nas mãozinhas e pezinhos é o mais adequado: as extremidades do corpo sempre tendem a ser mais frias do que o restante, portanto, não necessariamente refletem o restante. O mais indicado é sentir a temperatura na cabeça ou no tronco.

Ao perceber que a temperatura corporal está elevada e que a criança está suando, provavelmente você já vai saber que ela está com muito calor, então você pode remover uma camada de roupas. Durante a noite, quem mora em locais mais quentes também precisa tomar cuidado, porque o excesso de calor pode atrapalhar o sono do bebê. É importante maneirar no tecido do pijama e também nos cobertores.

Mas os bebês também podem sentir frio, é claro! Embora seja menos comum, já que, conforme mencionado, os pais tendem a colocar roupas e cobertores demais na criança. Para saber se o seu filho está sentindo frio, tente observar se ele está apresentando tremores, mudança na cor da pele (palidez) ou até se ele está apático. Esses são os sinais mais comuns.

Entre os muitos mitos a respeito dos bebês, um dos mais difundidos é que o soluço é sinal de que o pequeno está com frio. No entanto, esse não é um sintoma muito confiável! Na primeira infância, é normal que o diafragma ainda seja relativamente imaturo, e é isso que provoca soluços com certa frequência.

Lembre-se, portanto, de deixar o seu filho sempre confortável e que os excessos são perigosos. Procure não agasalhar a criança demais quando não houver necessidade disso, mas também não o deixe passar frio. Baseie-se por você, mas nunca ignore os sinais que o corpo do seu filho dá, são eles que vão dizer se ele está com frio ou com calor. Você possivelmente vai ouvir muita gente dizer que o bebê está pouco agasalhado, especialmente pessoas mais velhas! Mas coloque essas dicas em prática e, certamente, não terá problema algum e a criança estará sempre se sentindo bem em relação à temperatura.