Soluço no bebê: É normal ter a toda hora?

Soluço no bebê: É normal ter a toda hora?

18 Março 2016 - 13:52
Publicado em:

Um simples soluço, por exemplo, pode assustar os pais inexperientes.

O soluço é passageiro e que não incomoda o bebê

Ter um filho é uma das melhores coisas que pode acontecer na vida de um casal. Mas é um momento que exige bastante planejamento e uma boa dose de coragem. Os primeiros meses são os melhores, mas também os que mais causam preocupações, ainda mais para pais de primeira viagem que toda a situação é uma experiência nova. Qualquer comportamento do bebê que seja estranho e novo aos pais, já é motivo para alardes e abre muita margem para pensamentos de que a criança não está bem e algo sério está acontecendo.  Um simples soluço, por exemplo, pode assustar os pais inexperientes.

Saiba mais:
O bebê soluçar dentro da barriga, é normal?

Como saber se o bebê está com frio ou calor?

Mas porque os bebês soluçam tanto?

Soluço em recém-nascidos é normal e não há motivos para apreensão. Bebês soluçam até mesmo dentro da barriga de suas mães, o que também é normal. Nos três primeiros meses de vida, os soluços são muito frequentes, ocorrendo todos os dias. Ao contrário do que muita gente pensa, os soluços não têm relação com a respiração. O diafragma (um músculo que temos abaixo do pulmão) de um recém-nascido não é ainda totalmente desenvolvido e o bebê não tem muito controle sobre ele. Pela falta de controle desse músculo, as contrações muitas vezes acontecem fora de ritmo, fazendo com que o ar entre em momentos inadequados. É isso que causa o soluço. Quando a mãe posiciona o bebê em seu colo para amamentar, é muito comum que ele engula ar, e faz com que o diafragma seja estimulado causando soluço. Para minimizar as chances de soluço, é recomendável posicionar o bebê com a cabeça elevada. 

Caso a amamentação do bebê seja por mamadeira, é prudente optar por mamadeiras adequadas para a idade dele e que não acumule muito ar. Não é necessário alargar o furo do bico da mamadeira, pois quanto maior o fluxo de leite, mais propensão ao soluço o bebê terá.
 
Apesar de os pais se assustarem com soluços frequentes, não é uma situação que faz com que o bebê se sinta mal e pouco interfere em seu bem-estar. Somente há necessidade de procurar um médico se os soluços prejudicarem a amamentação e o sono do bebê. Caso contrário, é perfeitamente normal.

Em casos de bebês que tem refluxo, o soluço é mais frequente do que em outros bebês. E se ele tem muito vômito ou tosse, é recomendável procurar o médico. Após 1 ano de vida, os soluços tendem a diminuir, mas caso isso não aconteça também é importante consultar a opinião do médico

Como fazer o soluço passar?

É muito comum encontrar pela internet vários textos com simpatias prometendo acabar com o soluço dos bebês. Mas não há pesquisas científicas que provem que as simpatias funcionem. Não é aconselhável realizar tais procedimentos, pois alguns deles podem prejudicar o bebê. Não existe remédio melhor para o soluço de um bebê do que o amor e carinho dos pais. Muitas vezes os pais se assustam mais que o bebê. Quando isso acontecer é sempre bom lembrar que é uma situação normal, passageira e que não incomoda o bebê.